A força de São Paulo em eventos de negócios na China e no México

Cerca de 30% das empresas brasileiras que participaram da Sial–China, a maior feira do setor de alimentação da Ásia, nos dias 16 a 18 de maio, são do município de São Paulo. Mesma participação entre as que estão em caravana comercial à Missão Brasil Tecnológico – México, na próxima semana (21 a 25 de maio).

As missões comerciais brasileiras nos dois grandes eventos são organizadas pela Apex-Brasil, com indicação de empresas de São Paulo pela SP Negócios.

Na Sial – China, em Shanghai, são 10 empresas paulistanas exibindo seus produtos e serviços. Elas estarão também na cidade de Wuhan, hub de comércio, distribuição e logística para a parte central da China. Wuhan possui uma free trade zone, que facilita a exportação por meio de e-commerce. 

A Sial-China reúne 3.200 expositores de 67 países e regiões e é considerado o 4º maior evento de alimentos e gastronômico do mundo. O pavilhão brasileiro, que reúne mais de 30 empresas, é um dos dez maiores da feira. Em 2017, a China foi o maior comprador de produtos brasileiros, com um total de US$ 47,3 bilhões.

MISSÃO MÉXICO
Serão 13 empresas de São Paulo na Missão Brasil Tecnológico, que irá apresentar produtos e serviços tecnológicos do país a partir do dia 21 em road-show pela Cidade do México e Monterrey. A Apex-Brasil está organizando rodadas de negócios com compradores mexicanos previamente selecionados e seminários técnicos, nos quais serão exibidas oportunidades de internacionalização e negócios entre o Brasil e o México.

O objetivo é potencializar aos empreendedores brasileiros as possibilidades do mercado mexicano, o segundo maior da América Latina, só atrás do Brasil. No ano passado, as exportações brasileiras ao México somaram US$ 4,5 bilhões, crescimento de 18,3% sobre 2016.

30% das empresas brasileiras em dois eventos internacionais são de SP