Institucional

São Paulo Negócios

Agência de promoção
de investimentos e
exportações do município

A São Paulo Negócios atua junto à Prefeitura de São Paulo para melhorar o ambiente de negócios e atrair oportunidades de investimento, promovendo o desenvolvimento econômico do município.

NOSSA MISSÃO

Contribuir para a competitividade e sustentabilidade dos negócios da cidade de São Paulo por meio da promoção de oportunidades de investimentos e exportações de produtos e serviços.

Aloysio Nunes Ferreira

Aloysio Nunes Ferreira

Presidente

Com vasto currículo político e acadêmico, formou-se em Direito e cursou Ciências Sociais na Universidade de São Paulo, onde lecionou Introdução a Ciência do Direito por dois anos.

Por conta de ações contra a ditadura militar, precisou sair do Brasil. Seu exílio foi na França, de 1968 a 1979, onde fez bacharelado em Economia Política e mestrado em Ciência Política pela Universidade de Paris, assumindo depois a cadeira de professor de Língua Portuguesa. De 1969 a 1973, foi diretor do Instituto de Pesquisa e Formação em Economia do Desenvolvimento.

De volta ao seu país, foi Deputado Estadual pelo PMDB em duas ocasiões: de 1983 a 1987, líder do Governador Franco Montoro na Assembléia Legislativa; e de 1987 a 1991. Foi também Deputado Federal pelo PMDB de 1995 a 1999. Já pelo PSDB, de 1999 a 2003 e de 2003 a 2007.

Foi Vice-Governador do Estado (1991-1994) e Secretário Estadual dos Transportes Metropolitanos (1991/1992 e 1993). Foi Ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República de 1999 a 2001, Ministro da Justiça, em 2001 e 2002, durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Foi secretário de Governo da Prefeitura de São Paulo, em 2005 e 2006.

Até abril de 2010, Aloysio Nunes ocupou o cargo de Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo, administrado por José Serra. Foi o responsável por toda a articulação política entre as pastas do governo e os municípios. Em outubro do mesmo ano, foi eleito senador com uma votação histórica: 11.189.168.

Foi líder do PSDB no Senado de 2013 a 2015. Assumiu, em 2015, a presidência da Comissão de Relações Exteriores e foi eleito vice-presidente do PSDB nacional. Em 31 de maio de 2016, foi eleito líder do governo Michel Temer. De março de 2017 a dezembro de 2018 ocupou a pasta de Relações Exteriores. Presidiu a InvestSP, agência paulista de promoção de investimentos e competitividade.

É Presidente da São Paulo Negócios desde fevereiro de 2020.


Avaliação do cenário externo

A internacionalização da economia e a intensificação dos fluxos internacionais de investimentos e comércio, que transformaram a estrutura internacional de produção, com a criação das cadeias globais de valor, impuseram aos países e governos ao redor do mundo o fomento a estruturas especializadas na atração de investimentos estrangeiros diretos e promoção das exportações de seus produtos e serviços. E o principal instrumento adotado globalmente para organizar essa estratégia são as Agências de Atração de Investimentos e Promoção de Exportações especializadas.

A Cidade de São Paulo, responsável pelo o terceiro maior PIB brasileiro (considerados todos os estados e municípios do país), é o mais importante centro econômico e comercial da América Latina. Nesse cenário de grandes transformações econômicas e intensificação da concorrência entre países e estados subnacionais pela atração de investimentos e promoção comercial surgiu a São Paulo Negócios. Ela foi criada pela Lei Municipal nº 16.665 de 23 de maio de 2017 e instituído pelo Decreto Municipal nº 57.727 de 08 de junho de 2017, como uma pessoa jurídica de direito privado de fins não econômicos, de interesse coletivo e de utilidade pública, vinculado, por cooperação, à Secretaria Municipal da Fazenda.

Atribuições:

  1. identificar e articular oportunidades de investimentos nos setores econômicos definidos como estratégicos pelo Poder Executivo;
  2. articular-se com entes públicos e privados, nacionais ou estrangeiros, para a promoção de oportunidades de negócios no Município de São Paulo e de exportações de produtos e serviços das empresas do Município;
  3. potencializar a imagem da Cidade de São Paulo, no Brasil e no Exterior, como polo de realização de negócios;
  4. articular parcerias institucionais, públicas e privadas, para estimular investimentos no Município de São Paulo, inclusive atuação em rede;
  5. atrair novos investimentos, nacionais ou estrangeiros, bem como promover e estimular a expansão de empresas instaladas no Município de São Paulo;
  6. auxiliar na proposição e implementação de medidas pela Administração Pública com a finalidade de otimizar o ambiente de negócios no Município;
  7. estimular a criação de formas de economia solidária, em especial cooperativas, para proporcionar oportunidades de trabalho e renda para a população em situação de rua;
  8. atuar em outras atividades relacionadas com as finalidades previstas nos incisos deste artigo;
  9. outras atividades e projetos aprovados pelo Conselho Deliberativo, desde que estritamente relacionados aos incisos I a VII.